quarta-feira, 21 de março de 2012

Sent itens

23h00
E... acabei de desligar o email do trabalho e de dar destino ao documento que preparo há umas horitas. Ah... adoro esta sensação! Presumo que esta noite não vou acordar às 2 da manhã como me aconteceu ontem. É impressionante: à mínima preocupação o meu cérebro tem a mais espantosa reacção: "Vou acordar a gaja e vou accionar todas as suas preocupações até ao expoente máximo. Vou cansá-la, desgastá-la e preocupá-la ainda mais". (Sim, o meu cérebro tem voz) 
Assim, sim! A menina vai ter toda uma capacidade espectacular para, no período em que existe luz natural, resolver cada um dos constrangimentos que a assolam. Parece cruel e sem sentido mas, a verdade é que resulta. Eu que até me conheço mais ou menos, sei que o stress é um óptimo estimulante para mim. Dormi umas três horas, estive toda a noite a transformar pequenos problemas em torres de cimento armado, passei a manhã a apagar fogos, fui a casa respirar à hora de almoço, tive numa reunião toda a tarde, fui buscar os miúdos, voltei ao trabalho e fui com as criaturinhas dar uma corrida. Acompanhei os seus patins e bicicletas a arfar, voltámos todos para casa e blábláblá... o de sempre.  Miúdos a ressonar e de portátil no colo concretizei tudo o que tinha na cabeça. E terminada esta labuta, passei agora por aqui. Para vos dizer olá. Para anunciar que, apesar de já não escrever há algum tempo, não faleci. Ando por aqui. Com sono, mas ando! Boa noite!

2 comentários:

  1. Boa tarde.

    É bom saber que continua desse lado.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  2. Olá Helena!! Ainda bem que também está por aí...bjs

    ResponderEliminar