quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

"Amanhã, vai ser um dia UI, UI"

É assim que uma mãe se apercebe de um estado de nervosismo infantil. E nestas situações, é sempre bom agir com serenidade. Transmitir uma atitude positiva, confiança e, acima de tudo, segurança. Porque as crianças, tal como os adultos, necessitam de encontrar mecanismos para enfrentar obstáculos. Estratégias para vencer constrangimentos. Formas salutares de lidar com frustações.
Ora, eu Pedagoga fofinha, respirei fundo e calculei mentalmente as minhas opções. Se o caso for uma matéria escolar mais complexa, tranquilizo a minha cria com a promessa de um estudo intensivo no fim-de-semana. Sendo a situaçao relacionada com alguma actividade extracurricular, o suporte também é possível e, posso sempre recorrer ao discurso espectacular "o que importa é participar". Em micro-segundos equacionei muitas outras temáticas até que, a piquena me informou dos seus cuidados.
"Sabes, a Mariana gosta do Pedro por amor. Mas a Beatriz também. E a Marta (amiga da Mariana) foi dizer ao Pedro que a Beatriz gostava dele. Amanhã, a Mariana não vai ao ATL por isso, a Beatriz vai falar com a Marta, e eu e a Carolina vamos com ela. Vai ser, Ui, Ui."
E, pronto. A minha intervenção resumiu-se à cozinha: "preferes massa ou arroz?"

3 comentários:

  1. Não dá para não rir! Isso é que é um boa intervenção!!!

    ResponderEliminar
  2. Acho tanta piada quando os miúdos dizem "gosto por amor".

    ResponderEliminar
  3. Uma delícia!!! Vou mandar o meu Vasco para a tua casa...

    ResponderEliminar