sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

E é assim. Sou uma blogger espectacular, um ser fascinante mas...com troncos!

Para que vocês não julguem que eu passo a vida a vangloriar-me... que falo e falo das milhares de visitas diárias, do alcance deste menino além fronteiras, dos meus seguidores e fãs... que enalteço vezes sem conta as minhas características pessoais e blábláblá... partilho aqui a minha mais recente humilhação. E não é uma humilhação qualquer. É uma daquelas que surge de onde não se está à espera. No contexto do lar. Por parte daquele que beneficia de um amor incondicional. Bom, sem mais rodeios, aqui vai:
Estava eu, em trajes menores, deitada na cama do meu filho quando esse ser fofinho se sai com a seguinte frase: Mamã, podes emagrecer um bocadinho se faz favor? Assim. Sem explicações ou enquadramento. Sem dó nem piedade.
O meu sorriso esvaneceu-se. O silêncio instalou-se. Pensei bater-lhe. Equacionei um castigo vitalício. Imaginei a PSP projectada na parede.
Achas que a mamã está gorda?
Foi assertivo na resposta: Não!! Respirei uns segundos, com genuína alegria, até que ele complementou a resposta: só as pernas.

3 comentários:

  1. LOLOL!!!!! Olha... começa pelas pernas!!!
    Eu começo por... todos os lados! :D

    ResponderEliminar
  2. Tens que te aplicar mais ainda nas corridas. :)

    ResponderEliminar